Notícias

Ordenar por Tipo:
  • NOTA DE REPÚDIO IEDF

    28 9 2018iedfNOTA DE REPÚDIO

    Brasília, 28 de setembro de 2018

    O Instituto Brasileiro de Educação em Direitos e Fraternidade (IEDF) vem a público manifestar total repúdio às declarações emitidas na data de ontem, 27, pelo candidato ao Governo do Distrito Federal, Alberto Fraga (DEM), ao se referir, em evento com seus colaboradores, à sua condenação penal. Na avaliação da diretoria da entidade e seus representados, é intolerável e inadmissível o menosprezo com que o candidato se dirigiu ao Juiz Fabio Francisco Esteves, prolator da sentença condenatória, especialmente, seu discurso discriminatório em que incorreu ao afirmar que o magistrado seria ativista LGBTI - fato que, além de inverídico, evidentemente jamais poderia ser atrelado à qualidade da atividade jurisdicional do Juiz e da pessoa, muito menos à celeridade com que a condenação foi expedida.
    A causa LGBTI como fator negativo no exercício da jurisdição consubstanciou-se em evidente fala discriminatória e, nesta medida, é veemente repudiada por este Instituto. Ressalte-se que a condenação sofrida pelo candidato em nada se relacionava com questões LGBTI, referindo-se estritamente a crime de corrupção, cometida já há dez anos.

    Sandra Taya Presidente do IEDF
    A diretoria
    Instituto Brasileiro de Educação em Direitos e Fraternidade

  • AMB EMITE NOTA DE REPÚDIO CONTRA ÀS DECLARAÇÕES DE ALBERTO FRAGA

     

    28 9 2018

  • II Fórum Nacional de Juízes Criminais – FONAJUC será realizado em Brasília no mês de março

     

    16 02 2018

  • Nota de esclarecimento - eleições IBDFAM

    notapublicaEm relação a informações divulgadas em redes sociais sobre as eleições do IBDFAM, prevista para ocorrer no dia 25 de setembro próximo, a AMAGIS-DF informa que não tem vinculação com nenhuma das chapas que estão concorrendo e não apóia nenhum candidato.

    A associação somente emprestará suas dependências para a realização das eleições.

     

    ASCOM/Amagis-DF - 18 de setembro de 2017

  • Associações de juízes e membros do MP divulgam nota de apoio à indicação do juiz do Trabalho Luciano Frota para o CNJ

    21 08 2017notaA Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT), a Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), a Associação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (AMPDFT), a Associação dos Magistrados do Distrito Federal e Territórios (Amagis-DF) e a Associação Nacional do Ministério Público Militar (ANMPM), entidades integrantes da Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público (Frentas), vêm a público externar seu apoio à indicação do juiz do Trabalho Francisco Luciano de Azevedo Frota para compor o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) no biênio 2017-2019, na cadeira de juiz do Trabalho de primeiro grau.

    À sua irretocável trajetória na magistratura do Trabalho, soma-se sua extensa experiência acadêmica, como especialista em Direito Constitucional pela Universidade de Brasília (UnB) e como professor de Direito do Trabalho do Centro Universitário de Brasília (UniCeub).

    A confirmação de seu nome pelo Senado, na esteira de sua aprovação pelo Pleno do Tribunal Superior do Trabalho, corroborada recentemente pelo Colégio de Presidentes e Corregedores da Justiça do Trabalho, contribuirá não apenas para o engrandecimento da representação da Justiça do Trabalho, como atenderá às ingentes necessidades do Conselho Nacional de Justiça, tendo em conta a sua trajetória de independência e profissionalismo. Conferirá, de resto, o necessário prestígio à autonomia institucional do Tribunal Superior do Trabalho, por seu órgão plenário, a quem competia tal indicação, nos termos do art. 103-B, IX, da CRFB.

    Brasília, 21 de agosto de 2017.

    Guilherme Guimarães Feliciano
    Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra)

    Roberto Carvalho Veloso
    Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) – Coordenador da Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público (Frentas)

    Ângelo Fabiano Farias da Costa
    Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT)

    Norma Angélica Cavalcanti
    Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp)

    Jayme Martins de Oliveira Neto
    Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB)

    Elísio Teixeira Lima Neto
    Associação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (AMPDFT)

    Fábio Francisco Esteves
    Associação dos Magistrados do Distrito Federal e Territórios (Amagis-DF)

    Clauro Roberto de Bortolli
    Associação Nacional do Ministério Público Militar (ANMPM)